Skip to main content

Zagueiro turco é suspenso da Eurocopa por fazer símbolo supremacista

Demiral, herói da Turquia na Euro 2024 é suspenso por gesto supremacista. Foto: Twitter (X) Merih Demiral @Merihdemiral O zagueiro Merih Demiral, da Turquia, foi suspenso por dois jogos após fazer um gesto que seria associado à extrema direita t

Por chicolobo

06/07/2024 07h10 Atualizado recentemente

Demiral, herói da Turquia na Euro 2024 é suspenso por gesto supremacista. Foto: Twitter (X) Merih Demiral @Merihdemiral

O zagueiro Merih Demiral, da Turquia, foi suspenso por dois jogos após fazer um gesto que seria associado à extrema direita turca durante comemoração de gol contra a Áustria, nas oitavas de final da Eurocopa, nessa terça-feira (2/7).

Em nota, a Uefa explica que a suspensão se deu “por não respeitar os princípios gerais de conduta, por violar regras fundamentais de boa conduta, por ter utilizado um evento desportivo para uma manifestação não desportiva e por ter trazido descrédito ao futebol”.

Devido à punição, o zagueiro está fora das quartas de final da Euro contra a Holanda, neste sábado (6/7), às 16h. Demiral só voltaria em caso de uma eventual final.


Confira também: .

Com a legenda “quão feliz é aquele que se diz turco!”, Demiral postou em suas redes sociais uma foto fazendo o símbolo, que é associado aos “Lobos Cinzentos”, grupo de extrema direita proibidos em países como a França e a Áustria por medidas violentas na década de 1980 contra esquerdistas, ativistas e minorias étnicas.

Entretanto, Nancy Faeser, ministra do Interior da Alemanha, reagiu sobre o caso em seu perfil no X, antigo Twitter: “O símbolo dos extremistas de direita turcos não têm lugar nos nossos estádios. Usar a Euro como plataforma para o racismo é completamente inaceitável. Estamos à espera que a Uefa investigue o caso e considere sanções”.

METRÓPOLES

Comentários (0)

Faça seu Login para participar da conversa
Entrar