Skip to main content

Juliette não teve autorização da família Gonzaga para adaptar música

Neto de Luiz Gonzaga defende Juliette após polêmica com músicaInstagram/Juliette Daniel Gonzaga, neto de Luiz Gonzaga, decidiu se manifestar sobre a polêmica em torno de Galopar, single lançado recentemente por Juliette. A música, inspirada em

Por chicolobo

23/06/2024 07h55 Atualizado recentemente

Neto de Luiz Gonzaga defende Juliette após polêmica com músicaInstagram/Juliette

Daniel Gonzaga, neto de Luiz Gonzaga, decidiu se manifestar sobre a polêmica em torno de Galopar, single lançado recentemente por Juliette. A música, inspirada em Pagode Russo, sucesso na voz do rei do baião em parceria com João Silva, vem sofrendo críticas depois da equipe da ex-BBB afirmar que ela tinha autorização para gravar a canção.

“Ninguém autorizou na minha família. Essa música é de propriedade da Universal e eles lançaram porque quiseram. Anteriormente, havia sido pleiteada para ser gravada pela Anitta. E nem autorização eles pediram. Então não há uma autorização formal da família Gonzaga. A autorização é deles e eles fazem o que eles quiserem”, esclareceu.

“Sou contra as gravadoras fazerem o que querem. É claro que o direito é delas, mas há um direito moral. E mudar a música de João Silva, pelo que eu vi, eu achei um pouco de falta de respeito. Então vocês façam o que vocês quiserem, só não digam que a família autorizou”, ressaltou.

Em nota, a produção de Juliette garantiu que a Universal Publishing garantiu que a família de Luiz Gonzaga e João Silva haviam permitido a releitura do famoso clássico:


Confira também: .

“Assessoria de Juliette informa que a cantora, que respeita, exalta e difunde a obra de Luiz Gonzaga e João Silva, solicitou à Universal Publishing [editora] que as famílias de Gonzaga e Silva autorizassem o lançamento da música, independentemente se a editora fosse detentora dos direitos”, lembraram.

E seguiram: “A Publishing garantiu à Juliette que a família de Luiz Gonzaga e João Silva havia autorizado o lançamento da música, não havendo qualquer restrição quanto a isso. A editora também afirmou à cantora que familiares ouviram o resultado e que gostaram da versão”.

Os responsáveis pela imagem da ex-BBB a isentaram de qualquer culpa. “Juliette afirma que não é ela a responsável pelos trâmites legais que envolvem a liberação de fonogramas. Com absoluto respeito aos familiares e à obra de Luiz Gonzaga e João Silva, a cantora lamenta e se coloca à disposição para entender e dialogar com todos os envolvidos”, finalizou.

COM INFORMAÇÕES METRÓPOLES 

Comentários (0)

Faça seu Login para participar da conversa
Entrar