Skip to main content

Filhote de cobra naja desaparece de laboratório do Instituto Butantan

Imagem de uma das najas pertencentes ao Laboratório de Herpetologia que chegaram no Instituto Butantan no ano de 2016 – (crédito: Reprodução/Instituto Butantan) O Instituto Butantan investiga o desaparecimento de um filhote de cobra naja do

Por chicolobo

23/05/2024 07h55 Atualizado recentemente

Imagem de uma das najas pertencentes ao Laboratório de Herpetologia que chegaram no Instituto Butantan no ano de 2016 – (crédito: Reprodução/Instituto Butantan)

O Instituto Butantan investiga o desaparecimento de um filhote de cobra naja do laboratório de pesquisas na Zona Oeste de São Paulo. O caso ocorreu há três semanas.

A suspeita é que o animal tenha entrado em algum ralo da sala já que as câmeras não mostram atividade suspeita nem a saída da cobra do laboratório. A possibilidade é de que tenha morrido nos encanamentos.

Segundo Giuseppe Puorto, diretor-cultural do instituto, não foram encontrados registros dela nem fora nem no corredor do laboratório.

“Então isso nos leva a crer que ela está no ralo. E dentro do ralo ela pode ter morrido? Pode. Ela pode ter acessado fora? Pode. Só que existem predadores naturais dentro do parque do Butantan. Quem pode comer cobra? Nós temos corujas, gaviões que vivem por aqui. Nós temos gamba comedor de cobra venenosa. E teiú, um lagarto, que tem vários aqui. Ou seja, do ponto de vista de segurança, nós podemos ficar tranquilos”, afirmou.


Confira também: .

O instituto informou que tem o soro contra o veneno da naja disponível, em caso de picadas.

MaisPB

 

 

Comentários (0)

Faça seu Login para participar da conversa
Entrar